18 de setembro de 2014

TSE admite que urna não é totalmente segura

A cada eleição, a confiabilidade da urna eletrônica usada no país é colocada em xeque. O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) admite que os mecanismos para evitar sabotagens na urna eletrônica "nem sempre 'garantidamente' impedem uma fraude", mas defende que o sistema é aperfeiçoado à medida que é exposto a riscos e vulnerabilidades. Especialistas consultados pelo UOL afirmam que o sistema eletrônico de votação utilizado no país não é totalmente confiável e não permite auditoria.

"O que a Justiça Eleitoral tem buscado fazer é tornar eventuais fraudes impingidas ao processo eleitoral inviáveis, impondo, ao eventual atacante, uma sucessão muito numerosa de barreiras, tornando o esforço de se atacar muito superior ao eventual benefício da fraude. Tais barreiras nem sempre 'garantidamente' impedem uma fraude, porém são concebidas de tal forma que o invasor ou atacante, em sua tentativa, com grande margem de certeza, deixe suas marcas, permitindo posterior identificação do autor, sua localização e o instante da ação do ataque", afirma Giuseppe Janino, secretário de Tecnologia de Informação do TSE, em entrevista por e-mail.

O funcionário do TSE também reconhece que "é incorreto afirmar categoricamente que um sistema seja totalmente seguro" e "igualmente incorreto afirmar que ele seja totalmente inseguro". Segundo Janino, o sistema eleitoral é dinâmico e é aprimorado quando exposto a riscos.

O TSE realizou testes públicos para analisar a confiabilidade da urna eletrônica apenas duas vezes, em 1999 e 2012. Uma equipe da UnB (Universidade de Brasília) descobriu uma lacuna no sistema de segurança no último exame. Embora a tecnologia evolua com o tempo, o tribunal não permitiu novos testes públicos e não respondeu ao UOL por que não promoveu novas provas.

Segurança da urna eletrônica

  • Pesquisadores da UnB identificam vulnerabilidade no equipamento

    Os votos são armazenados em urna eletrônica e embaralhados de forma aleatória. Durante o teste os pesquisadores conseguiram colocar em ordem os votos registrados na urna. Se os votos podem ser reordenados, é possível identificar quem votou em determinado candidato considerando os horários que os eleitores votaram em determinada seção eleitoral. A lacuna na segurança compromete o sigilo do voto.

Fonte: UnB (Universidade de Brasília)

"É importante também deixar claro que há um compromisso entre segurança e custo. Como exemplo, se me desloco de carro da minha casa para o trabalho e ganho um salário de R$ 1.000 por mês, não faria sentido eu gastar mais de R$ 1.000 por mês para, por exemplo, comprar um carro blindado ou contratar uma escolta. Em suma, as barreiras devem ser implantadas de acordo com riscos e vulnerabilidades reais e não baseado em suposições infundadas", completou Janino.

Questionado sobre o histórico de suspeitas de fraude, o TSE reconheceu que algumas ocorrências foram identificadas. "Há alguns casos de suspeição de fraudes, invariavelmente levantadas por candidatos derrotados no pleito. Todas as denúncias formalizadas foram devidamente apuradas e consideradas improcedentes pelas instituições competentes que realizam as perícias", respondeu Janino sobre casos suspeitos.

O tribunal, no entanto, não respondeu quantos casos são suspeitos e de que forma se procedeu a investigação que julgou os casos improcedentes.
Ainda sobre os mecanismos de segurança, o TSE afirma o sistema pode ser fiscalizado por agentes do Ministério Público ou por partidos. "A versão oficial dos softwares de cada eleição é assinada digitalmente, inclusive o software das urnas eletrônicas, que dispõem de vários mecanismos de verificação", disse Janino.

O UOL perguntou a um especialista em segurança digital sobre quais garantias de confiança uma assinatura digital traria ao processo eleitoral. Para o engenheiro Amilcar Brunazo Filho, supervisor do Fórum do Voto Eletrônico, a técnica não impossibilita ataques de pessoas.

"O Bruce Schneier, um dos cinco mais conhecidos e premiados criptógrafos e autor dos livros mais vendidos sobre segurança em TI, em seu livro 'Segurança.com' disse uma frase significativa: 'Se você acredita que a tecnologia pode resolver seus problemas de segurança, então você não conhece os problemas e nem a tecnologia.' Ele escreveu isso para explicar que concluiu que segurança de sistemas tem a ver com as pessoas que operam o sistema e não com as tecnologias adotadas", defendeu Brunazo Filho.

O engenheiro também cita o Ph.D. Ronald Rivest, que segundo ele, é outro entre os cinco principais criptógrafos no mundo. "Ele  é o inventor da técnica de assinatura digital RSA que o TSE usa, e nega que sua técnica de assinatura digital seja suficiente para garantir, por si só, a integridade do software embarcado em sistemas eleitorais", disse Brunazo.

 

Fonte: UOL

22 comentários:

Anônimo disse...

Não seria possível adulterar o programa?
Ex: A cada 20 votos no n. X o 21 voto X seria computado como Y?
e assim sucessivamente?

Anônimo disse...

ISSO E UMA VERGONHA NUNCA VI TANTO ROUBO COMO NO GOVERNO DO PT E TANTO DINHEIRO ATE NA CUECA FOI ENCONTRADO CADEIA SO PARA OS POBRES AKI A VERGONHA DE SER BRASILEIRO TEMOS DE PEGAR COM DEUS DILMA ELEITA ACABA COM O RESTO DO BRASIL

Anônimo disse...

Se você continuar lendo, vai ver que é perfeitamente possível...

Anônimo disse...

Seu comentário é o que sempre pensei. Fico até feliz por eu não ser o único, rs. Ora, não é ser implicante, mas se tem pessoa que programa um satélite, avião, supercomputadores, ou computadores que jogam xadrez, etc, etc, etc, porque não poderiam simplesmente fazer o que você disse?? (a cada 2 votos em um candidato contabiliza o próximo para o outro, independente do que digitou e da imagem que aparece na telinha). E outra, o computador não vem programado do "céu", ele é programado por pessoa(s) que está na "sala cofre" do TSE, lembrando que este tribunal é o mais político do Judiciário, e, alguém tem acesso ilimitado a esta sala não é? Quem é essa pessoa???? Essa pessoa é a dona do destino do Brasil !!! Alguém muito amigo do (ou o próprio) Presidente do TSE. Pena que são pouquíssimos que admitem essa hipótese, que, até o momento, é somente uma hipótese, uma possibilidade, diga-se de passagem.

Anônimo disse...

Completamente plausível e fácil de ser feito.

Anônimo disse...

Duvido muito que o PT va sair do poder...... Eu particularmente gostaria muito que essa robalheira acabasse, mas tenho ca minhas duvidas.....

Anônimo disse...

Deixa de ser néscio, a adoção dessa urna eletrônica fraudulenta é mais uma obra dos juízes maçons que dominam o Poder Judiciário, justamente para prejudicar o PT. A bancada do PT votou a favor da lei que determinava a impressão do voto. Houve depois ação judicial impetrada pela Procuradora eleitoral à época, a tucana Sandra Cureau, para que a lei não fosse aplicada e o judiciário acatou a ação desta procuradora. Pode ficar tranquilo que a fraude vai ser para corroborar as pesquisas do Ibope e Datafolha e levar a eleição para o segundo turno. O Vox Populi vai publicar vitória no primeiro turno na pesquisa de boca de urna, mas não vai adiantar...infelizmente a fraude vai prevalecer.

isaac alves de souza on 6 de outubro de 2014 09:35 disse...

urnas eletrônicas !

Anônimo disse...

Infelizmente os cidadãos são vítima de uma adm falha e um sistema falido!, acredito que vivemos uma ditadura mascarada, onde os poderosos mandam e fazem o que querem.
O povo não sabe o que realmente acontece, vítimas da falta de informação e da péssima formação social aliada a falta de interesse...
Eles não podem punir um ao outro...

Anônimo disse...

Nunca acreditei nas urnas eletronicas, sou programador de sistemas e programador em pic, arduino, tecnico em eletronica e sei muito bem como pode fazer fraudes nesses processos, por isso que os Estados Unidos que tem maior tecnologia do
que o brasil ainda votam com cédulas de papel, para não haver fraudes.

É esse é o nosso brasil.

Anônimo disse...

Agora eu sei que é completamente plausível, vejam só TODAS AS PESQUISAS davam como Aécio em terceiro lugar e ele aparece milagrosamente em segundo? E com um percentual muito acima da margem de erros???Se teve manipulação com certeza foi no estado de São Paulo.

Anônimo disse...

Duas coisas impossíveis de acontecer no mundo. Primeiro; Deus pecar. Segundo; O diabo arrepender. O mais tudo pode acontecer, e quando a politica está a frente, a ganancia de ser Chefe de Estado, Meu amigo, a coisa não está muito longe de acontecer.

JADER REZENDE on 12 de outubro de 2014 07:14 disse...

No mundo digital não existe segurança completa.Deveria ser emitido um recibo ao votar.
Estas urnas estão ultrapassadas.

Democracia brasileira disse...

Sr. Antônio, você fala da votação de Aécio em São Paulo, mas esquece que à pouco tempo as manifestações de rua davam conta do total descrédito da Presidenta Dilma, no entanto ela obteve 41 % dos votos da eleição presidencial no primeiro turno de 2014. Como justificar isto?

Anônimo disse...

Desde a primeira votação com urnas eletrônicas ficou evidente, em alguns estados que o PSDB dominava, como São Paulo e outros, que o resultado das urnas trouxe indícios veemente da ocorrência de fraude, e os Tribunais Eleitorais altamente politizados se fazem de morto para não romper com o sistema ardilosamente preparado para fraudar as urnas. As pesquisas de boca de urna que o diga. Alguém já parou para pensar porque o senador Roberto Requião e outros políticos que trabalham há anos para implantar um sistema que possibilite uma recontagem dos votos e transparência do processo eleitoral brasileiro não obtiveram êxito até hoje? Porque não interessa para os TRE a transparência e a possibilidade de uma auditoria exitosa. Quem domina o esquema vigente desde a sua implementação é o PSDB e já fez uso e abuso dele em estado como o de São Paulo, Curitiba e outros. Acorda políticos e povo brasileiro vamos exigir transparência no processo eleitoral e a obrigatoriedade da impressão do voto.

Anônimo disse...

O Brasileiro sempre foi cobaia desse tipo de política
informatizar para roubar
justiça,educação,leis tudo antiquado menos o processo politico e tributário
da vergonha de ser Brasileiro
talvez na proxima eleição votaremos com chips implantados

Indignada! on 30 de outubro de 2014 04:00 disse...

A oposição ao PT deve lutar com unhas e dentes contra essa bandidagem, anular as eleições e exigir nova eleição, sem urnas eletrônicas, em cédulas que possam ser contadas e recontadas ou com a impressão do voto de cada eleitor para que não haja possibilidades de fraude. E isso precisa ser feito o mais breve possível. Nosso país está desacreditado no mundo todo e aqui pelas pessoas que desejavam e desejam um pais melhor, para nós e para as gerações futuras. Já temos notícias de aumentos absurdos. O povo brasileiro não aguenta mais conviver com tanta corrupção

Anônimo disse...

Nao precisa nem ser especialista como vc pra saber que essa urna eletronica faz parte de mais uma maneira de se roubar no Brasil... infelizmente nos vamos votar pq eh obrigatorio, mas nao válido!

Charles Cinquentão on 1 de novembro de 2014 16:27 disse...

Chororô de perdedor. Aceitem a derrota que dói menos, tucanada. Se vocês tivessem ganho será que pediriam auditoria?

flademirjose jose on 2 de novembro de 2014 22:35 disse...

Protesto pacifico sem partido e violencia janeiro

flademirjose jose on 2 de novembro de 2014 22:35 disse...

Protesto pacifico sem partido e violencia janeiro

Jose Weligton Dos Reis Silva on 3 de dezembro de 2014 18:05 disse...

A urna eletrônica e biometria não passa de engodo, não representa a verdade, o povo infelizmente faz tempo que está proibido de votar no seu candidato, até vota, vê a foto, porém, não é certeza que o voto foi para o seu candidato. Tudo indica funcionar o número do candidato escolhido pelo eleitor como um código de barra. Como fossemos a um mercado, lá está o produto com diversos número e, o preço pode ser apenas 1,00 (um real). A voto na verdade é apenas para induzir ou fazer com que o eleitor acredite que realmente votou no seu candidato, o que infelizmente não aconteceu. Wellington Reis, o Defensor do povo.

Postar um comentário

Gostou do que encontrou aqui?
Então fique à vontade para fazer seu comentário. E não se esqueça de recomendar aos amigos.
Seja bem-vindo e obrigado pela visita!

A moderação está habilitada, assim, seu comentário só será publicado após aprovação do Administrador.

 

Visitantes On-line

free counters

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Widget Códigos Blog modificado por Dicas Blogger

Fraude Urnas Eletrônicas – FUE

Desde 05/12/2008. Plataforma: Blogger

Home .:. Contato .:. Política de Privacidade

Copyright © 2009 WoodMag is Designed by Ipietoon for Free Blogger Template