11 de dezembro de 2012

PDT e PR discutem segurança da urna eletrônica

 

A confiabilidade das urnas eletrônicas brasileiras estará em discussão hoje, segunda-feira (10/12), a partir das 17 horas, no Rio de Janeiro, no auditório da sede da Sociedade de Engenheiros e Arquitetos do Rio de Janeiro (SEARJ-RJ), na Glória, por iniciativa do Instituto Republicano de estudos políticos do Partido da República (PR) e da seção fluminense da Fundação Leonel Brizola – Alberto Pasqualini (FLB-AP), do PDT.

O seminário “Voto eletrônico no Brasil é confiável?” foi  organizado pelo presidente do Instituto Republicano, Fernando Peregrino, que também será um dos palestrantes e falará sobre fatos ocorridos nas ultimas eleições e a vulnerabilidade da urna eletrônica brasileira – que Leonel Brizola, numa de suas imagens rurais aplicadas à política, comparava à argola que se coloca no nariz do touro (o Brasil) para levá-lo a qualquer lugar.

Outro palestrante será o professor Pedro Antônio Dourado de Rezende,  do Departamento de Ciência da Computação da Universidade de Brasília UnB), que vai detalhar fragilidades das máquinas de votar em uso no país que são consideradas ultrapassadas por terem sido projetadas na década de 90 e terem sofrido poucas alterações desde então.  Rezende é autor de diversos trabalhos científicos sobre o tema.

Os outros palestrantes serão a advogada Maria Aparecida Cortiz, de São Paulo, que acompanha as questões jurídicas vinculadas ao voto eletrônico no Tribunal Superior Eleitoral desde 2.000. Ela vai falar sobre as idas e vindas da legislação relacionada à impressão do voto eletrônico e por que a Justiça Eleitoral brasileira é considerada uma das mais autoritárias do mundo. O jornalista Osvaldo Maneschy, ex-assessor de Leonel Brizola para assuntos relacionados ao voto eletrônico e organizador do livro “Burla Eletrônica”, disponível na Internet,  por sua vez,  fará um histórico da luta pelo respeito à verdade eleitoral no Brasil.

O seminário visa, segundo Fernando Peregrino, presidente do Instituto Republicano e Secretário Geral do PR/RJ,  atualizar a discussão sobre a informatização do voto brasileiro e chamar a atenção dos políticos e da Sociedade, “engajando o Partido Republicano nessa luta que deve ser de todos os partidos e os políticos sinceros, pois está em jogo a democracia e o voto popular porque sistemas de votação precisam ser auditáveis pelos cidadãos, porque se não o forem, não são seguros ".

Também serão relatadas suspeitas de fraudes que estão sendo  investigadas pelo Ministério Público e pela Policia Federal, algumas delas no Rio de Janeiro, agora em 2012. O seminário é suprapartidário e estão sendo convidados representantes e militantes de todos os partidos políticos . A entrada é franca e a Sociedade dos Engenheiros e Arquitetos do Rio de Janeiro (SEAERJ) fica na Rua do Russel, numero 01, perto do Metrô da Gloria.

Fonte: PDT

5 comentários:

Aparício Fernando disse...

Em Saquarema-RJ aconteceu um fato muito estranho. Antes das eleições era só andar pelas ruas e perguntar em quem o eleitor iria votar que a resposta era unânime: Pedro Ricardo, candidato da oposição. Pois bem, o rapaz perdeu em todas, eu disse todas as 173 urnas da cidade. Perdeu e perdeu de muito. O mais estranho é que hoje, dois meses após as eleições, você vai às ruas e os eleitores continuam unânimes em dizer que votaram em Pedro Ricardo. Seria muito mais cômodo para o eleitor dizer que votou na candidata vitoriosa. Mas não, o eleitor bate o pé afirmando que votou no outro. Curiosamente, é difícil encontrar alguém que confirme que votou na candidata vencedora, que coincidentemente é a esposa do deputado estadual Paulo Melo, presidente da ALERJ. Existem vários relatos da internet e inclusive vídeos no YOUTUBE atestando a vulnerabilidade das urnas eleitorais. Está lá pra quem quiser assistir. Esse triunvirato: Sérgio Cabral, Luiz Zveiter e Paulo Melo atenta contra a democracia. Todos os poderes encontram-se de um lado só da balança, prejudicando a alternância do poder, principal filosofia da democracia. O fato é que não adianta espernear, pois o TSE, por mais que existam evidências que comprovem, jamais irá admitir fraudes em suas 'caixas pretas'. O ideal seria que a urna eletrônica emitisse, também, um cupom onde mostrasse em quem o eleitor votou. E que esse cupom fosse colocado numa urna tradicional ao lado dos mesários, para fins de comprovação posterior. Uma coisa é certa: nenhum outro país no mundo, depois de examinar, quis comprar nosso ‘avançadíssimo, rápido e moderno' método de escrutínio, nem o Paraguai.

Anônimo disse...

http://pdt.org.br/index.php/noticias/voto-eletronico-hacker-revela-no-rio-como-fraudou-eleicao

continuação

Anônimo disse...

http://pdt.org.br/index.php/noticias/voto-eletronico-hacker-revela-no-rio-como-fraudou-eleicao

atualiza a reportagem...

Fernando Augusto on 12 de dezembro de 2012 17:55 disse...

http://www.avaaz.org/po/petition/Investigacao_da_Policia_Federal_para_a_denuncia_de_fraude_eleitoral/?fspQYbb&pv=0

Há anos ocorrem fraudes eleitorais na urna eletrônica brasileira e a Justiça Eleitoral nega-se a apurar estas denuncias cons
iderando que o sistema do voto eletrônico é absolutamente à prova de fraudes, a ponto de um ministro do Tribunal Superior Eleitoral do Brasil dizer que duvidar da urna eletrônica no Brasil é litigância de má fé. A continuar do jeito que está o Brasil continuará a ser vítima de um golpe de Estado através das urnas eletrônicas. Eis que agora surge mais uma denúncia que prova de maneira factual a fragilidade da urna eletrônica brasileira, revelando que a Justiça Eleitoral no Brasil não merece o nome de Justiça, por não poder dar ao cidadão a necessária segurança para a auditoria e recontagem dos votos em caso de dúvidas. Investigação da polícia federal já para mais esta denúncia: http://www.viomundo.com.br/denuncias/voto-eletronico-hacker-de-19-anos-revela-no-rio-como-fraudou-eleicao.html

Anônimo disse...

Se a justica esta negando que ouve fraude nas urnas eletronicas o que meros mortais devem fazer ficar vendo tudo isso e nao poder questionar porque podera ser caracterizado litigancia de ma fe!!
Oque fazer quem pode fazer democracia ou ditatura sera que acabou ?

Postar um comentário

Gostou do que encontrou aqui?
Então fique à vontade para fazer seu comentário. E não se esqueça de recomendar aos amigos.
Seja bem-vindo e obrigado pela visita!

A moderação está habilitada, assim, seu comentário só será publicado após aprovação do Administrador.

 

Visitantes On-line

free counters

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Widget Códigos Blog modificado por Dicas Blogger

Fraude Urnas Eletrônicas – FUE

Desde 05/12/2008. Plataforma: Blogger

Home .:. Contato .:. Política de Privacidade

Copyright © 2009 WoodMag is Designed by Ipietoon for Free Blogger Template